11 2307-5064
contato@equilibriofitefisio.com.br

Pilates para Gestantes

Pilates para Gestantes

O pilates para as futuras mamães!

 
    O Pilates é uma atividade bastante recomendada por conta das diversas mudanças que o corpo da mulher passa nesse período. Mudanças metabólicas, biomecânicas, orgânicas, esqueléticas, respiratórias e musculares podem gerar diversos desconfortos na mulher. Por isso, o pilates entra como uma atividade indicada para o período pré e pós-parto a essas mulheres, ajudando principalmente a parte respiratória, muscular e biomecânica, proporcionando um grande bem-estar à gestante.
Durante os primeiros três meses o pilates foca na parte de consciência corporal, exercícios simples, porém fundamentais que trabalham o fortalecimento e relaxamento do assoalho pélvico. Esses exercícios acompanharão a gestante até o final da gestação e no pós-parto, além de exercícios de mobilizações da coluna e alongamentos específicos para prevenir ativamente as dores lombares e desconfortos.

    A partir do 4º mês, uma das queixas muito comum é a dor lombar, que acontece pelo aumento crescente na região abdominal. Para ajudarmos a gestante em relação a essa queixa, iniciamos o trabalho de fortalecimento abdominal. Além disso, o fortalecimento de membros superiores e inferiores melhoram a disposição e preparam essa futura mamãe para tudo o que está por vir.
E não podemos esquecer do trabalho respiratório que será intensificado com o passar dos meses, uma vez que, o diafragma começa a sofrer uma compressão que irá gerar dificuldades respiratórias.

    O pilates é uma atividade indicada para todas as pessoas, incluindo as futuras mamães. Porém, é de suma importância, que a gestante procure um profissional qualificado que entenda todas as particularidades de se trabalhar com gestantes. Além disso, a gestante deve conversar com seu médico antes de iniciar qualquer atividade física durante a gestação. Mamães já ativas podem iniciar o pilates logo no primeiro trimestre, caso o médico não veja nenhum problema nesses meses iniciais. Já as mamães que resolvem iniciar nesse momento, o ideal é esperar o primeiro trimestre passar para que essa prática seja segura tanto para a mamãe, quanto para o bebê.

    A prática do Pilates no pós-parto também dependerá da liberação do médico. Parto normal e cesariana tem tempos diferentes de recuperação. Geralmente, nos casos de parto normal a mamãe é liberada a realizar exercícios após 15 dias, e nos casos de cesárea, de 40 a 60 dias. Nessa fase o pilates ajudará a mamãe na melhora da postura, na recuperação do assoalho pélvico, do abdômen e músculos da coluna vertebral, além de auxiliar na volta da autoestima e do controle e reconhecimento do corpo. O retorno deve ser progressivo e sempre acompanhado por um profissional capacitado.

Venha fazer sua aula experimental com a Equipe da Equilíbrio Fit & Fisio!