11 2307-5064
contato@equilibriofitefisio.com.br

Fisioterapia Coluna

Muitas vezes pacientes com diferentes problemas físicos se deparam com a indicação de várias sessões de fisioterapia. Todos sabem que estes tratamentos são longos e nem sempre trazem o resultado que o paciente espera. Mas realmente, qual seria o resultado a ser alcançado? Porque o processo é longo? Qual o objetivo de uma ou outra técnica terapêutica que está sendo realizada? Estas e outras perguntas podem ser decisivas na reabilitação do paciente.

Problemas crônicos de saúde, como as dores de coluna, envolvem múltiplos fatores pessoais, sendo sociais, clínicos e psicológicos. Sendo assim, cada caso é muito diferente do outro e não é possível eles sejam tratados de formas generalistas e não especificas, não respeitando o paciente como um ser completo e nem o prognóstico de sua doença. Porém o que acontece na maioria das vezes é o contrário.

A nossa coluna atua nas funções de movimentação e suporte de peso com a parte óssea (vértebras), de articulações (discos intervertebrais) e de musculatura ao redor da coluna e também da região abdominal. Qualquer desbalanço entre esses três pilares causa dor e disfunção. Cerca de 90% das dores de coluna podem ser tratadas com ativação e reforço de músculos que não estão sendo utilizados. A fisioterapia consegue identificar e reativar esses músculos importantes para o funcionamento correto da coluna.

São inúmeras as causas de dores na coluna podendo ser desde desvios posturais (escoliose, aumento de lordose), problemas estruturais (hérnia de disco, bico de papagaio), exercícios mal executados, problemas musculares e até mesmo do nervo (ciatalgias). Além disso, os problemas de coluna podem causar sintomas difusos, como dores no pescoço, costas, braços, pernas e até disfunção de outros órgãos.

Por conta desta sintomatologia abrangente e complexa, muitas intervenções são feitas de forma meramente paliativas e não direcionadas, deixando de lado grupos musculares que poderiam trazer resultados duradouros. Mesmo que o paciente frequente sessões diárias de 1 hora de duração, nada vai ser tratado eficientemente se ele não souber como se portar nas 23 horas restantes do seu dia, prezando pela informação e educação postural e de exercícios passada pelo profissional para seu paciente.

Sendo para tratar casos de reabilitação pós-cirúrgica ou para casos de prevenção da necessidade de uma cirurgia, abordagens fisioterápicas personalizadas e interdisciplinares são altamente eficientes para buscar soluções rápidas e eficazes nos tratamentos conservadores da saúde da coluna.

 ENTENDA MAIS SOBRE SUA COLUNA!